top of page

Rio: bares lotados e até show em Ciep no carnaval de covideiros


Bares lotados tomam calçadas e até as ruas no Rio (Reprodução)

Mesmo sem os tradicionais desfiles de blocos de rua que arrastavam as multidões, parte considerável dos cariocas, quase todos sem usar máscaras, resolveu desafiar a proibição de aglomerações determinada pela Prefeitura em função da pandemia de Covid-19. Desde a noite de sexta-feira, bares lotados de "covideiros", tomando calçadas e mesmo parte das ruas, vêm sendo flagrados em desrespeito às regras. Os ambientes se repetem em bairros da Zona Sul à Zona Oeste, passando pela Lapa, reduto boêmio do centro da cidade, e até um show do cantor Belo, que varou madrugada de sábado com presença de centenas de pessoas aglomeradas dentro de um Ciep, na comunidade do Parque União, na Maré.

Em entrevista à GloboNews neste domingo (14), Álvaro Furtado Costa, infectologista do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP, assistiu as imagens e se mostrou muito preocupado.

"Esse ambiente que está sendo mostrado agora é totalmente propício de transmissão da doença. De novo, a gente (pode ter que) dar passos para trás. E sem levar em consideração o cenário de variação genética, estar longe de uma cobertura vacinal, isso deixa a gente bastante preocupado", afirmou o infectologista, que ainda destacou: "A gente vê a cena dessas pessoas aglomeradas. Vão passar uma semana, duas semanas e a gente pode ter de novo os leitos de UTI ocupados, ter que dar passos para trás no processo de flexibilização", lamentou.


Show do cantor Belo em Ciep, na Maré (Reprodução)
Belo faz show no Ciep (Reprodução)


Comentarios


Divulgação venda livro darcy.png
Chamada Sons da Rússia5.jpg
bottom of page