Viradouro: obras da Prefeitura estão 90% prontas

As obras de urbanização na comunidade do Viradouro, na Zona Sul de Niterói, já estão 90% prontas e têm previsão de serem entregues até o fim do ano. A iniciativa é da Prefeitura de Niterói, por meio de parceria entre a Secretaria de Participação Social, a Empresa Municipal de Moradia Urbanização e Saneamento (Emusa) e o programa municipal Pacto Niterói contra a Violência. O prefeito de Niterói, Axel Grael, visitou a comunidade nesta quarta-feira (3/8).

Foto: Luciana Carneiro / Prefeitura de Niterói

O projeto prevê a urbanização da comunidade, construção de áreas de lazer e esporte, além da organização da rede de água, coleta de esgoto e drenagem e contenção de encostas. Entre o que já foi realizado, estão oito obras de contenção de encostas e 14 becos e travessas já foram contemplados com urbanização.


A escadaria Almir Madeira também foi reformada com iluminação e colocação do corrimão para garantir a segurança dos moradores. Três praças também estão sendo contempladas com revitalização total e, no momento, duas delas recebem a colocação de tela de proteção e pintura.


O investimento é da ordem de R$ 40 milhões da Prefeitura de Niterói. O prefeito, no entanto, frisou que a proposta é investir R$ 1,3 bilhão em intervenções e melhoramentos de infraestrutura em comunidades de toda a cidade, com o Plano Niterói 450 - Comunidades.


“Este é mais um trabalho que vem sendo feito para melhorar a vida de quem mora nas comunidades de Niterói. Nosso compromisso é não deixar ninguém para trás, levar esses investimentos para cada cantinho de Niterói e que todos juntos experimentemos esse salto na qualidade de vida da nossa cidade”, declarou Grael.


A moradora Jaira Ferreira, de 60 anos, comemorou o que já vê de resultados das obras.


“A minha encosta melhorou muito! Eu moro aqui desde os meus 14 anos e nunca vi uma obra assim tão grande. Já fiz até churrasco aqui!”, conta.


Para Ubiratan Rúbio, presidente da Associação de Moradores do Viradouro e há 45 anos morador da comunidade, essa foi uma grande conquista dos moradores do local.


“Foi uma luta muito grande até conseguirmos essas obras. Moro aqui há 45 anos e a Prefeitura nunca tinha feito nada dentro da comunidade dentro deste tempo. Essas obras, quando prontas, trarão muito além de urbanização, elas trarão dignidade para todos os moradores da comunidade. A comunidade só tem a ganhar com isso”, conta.

Foto: Luciana Carneiro / Prefeitura de Niterói

Além dos líderes comunitários, acompanharam o prefeito na visita o secretário de Participação Social, Anderson Pipico, a secretária de Conservação e Serviços Públicos, Dayse Monassa, o presidente da Emusa, Paulo César Carrera, o secretário de Defesa Civil e Geotecnia, Walace Medeiros, a secretária de Ciência, Tecnologia e Inovação, Valéria Braga, e o presidente da Federação das Associações de Moradores de Niterói (Famnit), Manuel Amâncio.


Próximos passos


As próximas travessas a serem urbanizadas serão a Clóvis Dias e a 51, que neste momento passam por intervenções na confecção de canaletas de drenagem. Outras vias com obras em andamento são as travessas José Gomes da Cruz, Santa Maria, Diniz do Vale, Deolinda da Cruz, Becos projetado 3, 454 e a Alameda do Vale.


Além de todo o trabalho de urbanização na comunidade do Viradouro, a região passará a contar, ainda, com uma plataforma digital.


Visita à quadra da escola de samba


O prefeito aproveitou a ida ao local para visitar a quadra da Escola de Samba Folia do Viradouro, campeã do grupo A do carnaval da cidade em 2022. Acompanhado pelo presidente e pelo vice-presidente da agremiação, Paulinho e Marcelo Serpa, respectivamente, o prefeito conferiu o espaço, que fica bem na entrada da comunidade.


Fonte: Coordenadoria Geral de Comunicação da Prefeitura de Niterói

300X350px_Negra.gif
1/3
NIT_728x90-03.gif