Os anunciantes pagam ao jornal por cada clique dos leitores. Clicando em nossos anúncios você ajuda a manter o TODA PALAVRA sem pagar nada por isso

Santa Cruz: Bolsonaro acobertou fuga de Weintraub


O presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Felipe Santa Cruz, usou as redes sociais na manhã deste domingo (21) para criticar severamente o presidente Jair Bolsonaro na condução do País. Em um texto curto, além de lembrar os 50 mil mortes pelo coronavírus, Santa Cruz disse que o presidente acobertou a fuga do ex-ministro da Educação, Abraham Weintraub, para os Estados Unidos na noite de sexta-feira para sábado (20). E conclui que o Brasil está sem ministro da Saúde e sem Presidente, também. Veja no post abaixo, publicado no Facebook.


O governo Bolsonaro vive o seu pior momento, com as ações que correm na Justiça, tanto no Supremo Tribunal Federal (STF) como no Tribunal de Justiça do Rio, envolvendo familiares e amigos do presidente, além de diversos apoiadores, entre os quais um senador, oito deputados, empresários e formadores de opinião que disseminam e/ou patrocinam notícias falsas (fakenews), principalmente, contra o STF e seus integrantes.

A prisão de Fabrício Queiroz na última quinta-feira (18) é uma ameaça direta não só ao filho 01, senador Flávio Bolsonaro, que está à beira de virar réu nos próximos dias no inquérito que apura as rachadinhas em seu gabinete quando era deputado estadual no Rio.

"É um malabarismo interpretativo tentar inverter a ordem dos fatos e tratar a prisão de Queiroz como um ataque aos Bolsonaro. O contexto é a investigação de "rachadinha" - e investigar corrupção é um fim em si mesmo", afirmou Felipe Santa Cruz, na última quinta-feira também em redes sociais.

O discurso com o qual Jair Bolsonaro chegou à presidência da República, de que não teria "bandido de estimação" e que combateria a corrupção "doa a quem doer", está sendo colocado à prova. O acobertamento à fuga de Weintraub, afirmado pelo presidente da OAB, no entanto, pode ser uma prova de que se tratava além de discurso vazio, também obstrução da Justiça.

Evitou a imprensa

Neste domingo, o presidente esteve no Rio de Janeiro, fora da agenda oficial, para acompanhar o velório de um soldado do Exército que morreu neste sábado, durante um treinamento de paraquedistas. Bolsonaro cumprimentou amigos e familiares do militar, no 26° Batalhão de Infantaria Pára-quedista, na Vila Militar, Zona Oeste do Rio. Na saída, ele evitou contato com a imprensa.

Os anunciantes pagam ao jornal por cada clique dos leitores. Clicando em nossos anúncios você ajuda a manter o TODA PALAVRA sem pagar nada por isso

Editor Responsável: Luiz Augusto Erthal.

Redação e Comercial: Rua Santa Clara, 32, Ponta d'Areia, Niterói, RJ

CEP 24040-050 | (21) 2618-2972 | jornaltodapalavra@gmail.com

Os conceitos emitidos nas matérias assinadas são de inteira responsabilidade de seus autores e não refletem necessariamente a opinião do jornal. As colaborações, eventuais ou regulares, são feitas em caráter voluntário e aceitas pelo jornal sem qualquer compromisso trabalhista. © 2016 Mídia Express Comunicação.

A equipe

Editor Executivo: Luiz Augusto Erthal. Editor Rio: Vanderlei Borges. Editor Niterói: José Messias Xavier. Editores Assistentes: Apio Gomes e Osvaldo Maneschy. Editor de Arte: Augusto Erthal. Financeiro: Márcia Queiroz Erthal. Circulação, Divulgação e logística: Ernesto Guadalupe.

Uma publicação de Mídia Express 
Comunicação e Comércio Ltda.
Rua Santa Clara, 32, Ponta d’Areia, Niterói, Est. do Rio,

Cep 24040-050. 
Tel.: (21) 2618-297

jornaltodapalavra@gmail.com

  • contact_email_red-128
  • Facebook - White Circle
  • Twitter - White Circle