top of page

Apreensões de drogas no Estado aumentam até 200% em 2023

Uma das principais frentes do Governo do Rio, a segurança pública vem alcançando números expressivos já no primeiro semestre de 2023. De acordo com os dados divulgados pelo Instituto de Segurança Pública (ISP), houve aumento de até 200% na apreensão de drogas em bairros da capital e em regiões da Baixada Fluminense em comparação com o mesmo período do ano passado. Em todo o estado, o crescimento foi de 9,6%. O saldo positivo é resultado dos constantes investimentos em tecnologia e inteligência policial.

Foto: Vladimir Platonow / Agência Brasil

Entres as regiões com os maiores índices de apreensões de entorpecentes, a área do AISP 18 (Área Integrada de Segurança Pública), que corresponde à região de Jacarepaguá, na Zona Oeste, foi a que obteve maior destaque. O trabalho das forças de segurança resultou em um crescimento de 200% no acumulado de janeiro a junho, se consolidando como o maior valor acumulado desde 2018.


"Um dos principais pilares da nossa política de segurança pública é justamente o combate à criminalidade que se alimenta do tráfico de drogas. O trabalho incessante das nossas forças de segurança tem trazido resultados muito positivos e isso mostra que estamos no caminho certo. Nosso compromisso é manter as polícias bem equipadas para que elas possam oferecer mais segurança para a população", declarou o governador Cláudio Castro.


Na região da Ilha do Governador (AISP 17), na Zona Norte, as apreensões de drogas aumentaram 134,6%. Desempenho que também pode ser visto na AISP 34, que corresponde aos municípios de Magé e Guapimirim, na Baixada Fluminense, onde houve crescimento de 127,6%. O maior indicador de toda a série histórica iniciada em 2003.


O trabalho contínuo de patrulhamento ostensivo, junto aos esforços de programas como o Segurança Presente e forças-tarefas para a retirada de barricadas, permitiram os resultados positivos. Além disso, o Centro Municipal de Monitoramento de Guapimirim, inaugurado em março deste ano, tem sido um aliado importante para a manutenção do cenário. O local conta com 30 câmeras de alta definição espalhadas em pontos estratégicos da cidade, capazes de realizar trabalhos de reconhecimento facial.


Outros resultados de apreensões de entorpecentes por áreas de batalhões (janeiro a maio 2022 x janeiro a junho 2023)


AISP 26 – Petrópolis

Apreensão de drogas: aumento de 22% - maior valor acumulado desde 2019.


AISP 29 - Laje do Muriaé, Porciúncula, Natividade, Varre-Sai, Itaperuna, São João de Ubá, Bom Jesus do Itabapoana, Italva e Cardoso Moreira.

Apreensão de drogas: aumento de 38,7% - maior valor acumulado desde 2019


AISP 33 – Mangaratiba, Angra dos Reis e Paraty

Apreensão de drogas: aumento de 40,1% - maior valor acumulado desde 2014


AISP 39 – Belford Roxo

Apreensão de drogas: aumento de 35,4% - maior valor acumulado desde 2018


AISP 41 – Irajá, Ricardo de Albuquerque, Pavuna, Vila da Penha, Anchieta e região

Apreensão de drogas: aumento de 40,8%


Fonte: Núcleo de Imprensa do Governo do Estado do Rio de Janeiro

Comments


Divulgação venda livro darcy.png
Chamada Sons da Rússia5.jpg
bottom of page