Defensoria alerta para novo surto de Covid em Búzios pós-carnaval


(Divulgação)

Autoridades municipais já haviam ligado o sinal de alerta diante da possibilidade de novos surtos de Covid-19 com a chegada do Carnaval. Armação de Búzios é uma das cidades mais procuradas por turistas nesta época do ano, e a pandemia não foi capaz de frear a movimentação carnavalesca. Diversas festas clandestinas, tanto em terra firme como em embarcações marítimas, foram promovidas no balneário fluminense sem a fiscalização dar conta de reprimir.

De acordo com a Defensoria Pública de Saúde do município, citada em reportagem do Globo, as ações oficiais não têm dado conta de autuar todos os pontos de aglomeração, principal fator de aumento exponencial de número de casos de infectados pela Covid-19. Por meio da operação "Stop the Party", a Guarda Civil tem fiscalizado estabelecimentos que descumprem as normas e permitem aglomerações.

Apenas na segunda-feira (15), a prefeitura interditou 20 barcos que receberiam festas. Para a defensora pública da região, Raphaela Jahra, a atuação policial em Búzios está abaixo do recomendado desde as festas de fim de ano, após a decisão judicial que determinou o fim do lockdown na cidade.

Segundo Jahra, o afrouxamento das medidas de segurança impactou o poder de intervenção direto da defensoria, impedindo que a fiscalização ocorresse na medida necessária neste feriado.

Na madrugada de segunda, dez estabelecimentos foram notificados. Entre eles a boate Privilège, maior casa de festas da região. O local recebeu infração grave e foi multado em R$ 2.334,33.

Segundo dados divulgados pela prefeitura local, entre sábado (13) e domingo (14), mais de 20 festas foram interditadas, sendo que três delas receberam infrações graves.

Caso os estabelecimentos notificados descumpram novamente as regras públicas, as multas serão agravadas e as casas poderão ter o alvará cassado, como prevê o decreto divulgado pelas autoridades na última semana.

Aumento de contágio

De acordo com a última atualização do Painel Covid-19 do estado do Rio de Janeiro, divulgado no dia 10 de fevereiro, Búzios está em bandeira amarela, com baixo risco de contágio. No entanto, com as aglomerações das festas, as autoridades preveem que o município deverá entrar novamente em bandeira vermelha, como ocorreu em dezembro.

Atualmente, a taxa de ocupação das UTIs na cidade está em 34,48% e o monitoramento do nível de lotação dos hospitais está sendo realizado pela Defensoria Pública.

 Conheça a nova Scooter Elétrica

Não precisa de CNH, sem placa e sem IPVA

1/3
300x250px - para veicular a partir do di
Leia também: