top of page
banner niteroi carnaval 780x90px 16 02 24.jpg

Polo do 'Empoderadas' chega ao Complexo do Chapadão, na Pavuna

A Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos inaugurou mais uma unidade do Empoderadas, nesta quinta-feira (13/7). Desta vez, o novo polo é no Complexo do Chapadão, no bairro da Pavuna, na capital fluminense. Essa é a 17ª unidade do programa aberta somente esse ano no estado do Rio. O Empoderadas atua de forma multidisciplinar, utilizando técnicas esportivas, para o fortalecimento físico e emocional de mulheres atendidas.

Divulgação / Governo do Estado do Rio

O polo nasce de uma parceria entre o Governo do Estado e da Central Única de Favelas (CUFA), e atende a população local com um dos programas mais relevantes de prevenção e combate à violência contra mulher no Rio de Janeiro. Esse é o quinto núcleo instalado em comunidades na capital. Rocinha, Chácara do Céu, Complexo do Alemão, Muquiço e agora Complexo do Chapadão, já contam com o programa. Somadas, essas unidades têm 435 alunas. A projeção é que mais de 100 mulheres se inscrevam no novo polo. As aulas acontecerão todas às terças e quintas, às 17h, na rua Paula Fonseca, nº 75. Quem tiver interesse, pode ir até o local para se inscrever.


"Estamos trabalhando para chegar a todos os cantos do nosso estado. Abrir uma unidade em uma comunidade como o Chapadão, que precisa de projetos como esse, é muito emblemático no enfrentamento à violência contra a mulher. Esse é só o começo de uma parceria super importante com a CUFA", destacou Érica Paes, coordenadora do Empoderadas.


O Empoderadas


O Empoderadas atua na prevenção e no enfrentamento à violência contra a mulher, oferecendo acolhimento psicossocial por meio de uma equipe interdisciplinar. Os polos do programa são instalações permanentes do Estado, que fornecem informações sobre os diferentes tipos de violência, programas de treinamento, cursos profissionalizantes e uma rede de apoio composta por advogadas, psicólogas e assistentes sociais para melhor atender às mulheres assistidas.

Divulgação / Governo do Estado do Rio

Nos polos, são ministradas aulas sobre técnicas preventivas de defesa e proteção feminina, transmitindo mecanismos que auxiliam na resolução de conflitos. O trabalho é dividido entre diálogo preventivo passivo, diálogo de alerta e ações físicas que ajudam na fuga em situações de perigo, além de técnicas para se prevenir de possíveis violências.


O Empoderadas atende atualmente cerca de 3 mil mulheres em todo território fluminense. Na região da Baixada Fluminense, onde se concentra o maior número de casos de violência contra a mulher no estado, já existem 10 polos em funcionamento. Ao todo, o estado do Rio já tem 54 polos em funcionamento.


Fonte: Núcleo de Imprensa do Governo do Estado do Rio de Janeiro

Chamada Sons da Rússia5.jpg
banner niteroi carnaval 300x250px 16 02 24.jpg
Divulgação venda livro darcy.png
bottom of page