Benny Briolly recebe nova ameaça de morte


Foto: Reprodução/Redes Sociais

A vereadora niteroiense Benny Briolly (Psol) divulgou em suas redes sociais que recebeu mais uma ameaça de morte. O caso aconteceu no último domingo (23/1), depois que ela recebeu o e-mail de uma conta intitulada “O Machista Opressor 1488”.


A mensagem encaminhada à parlamentar, com imagem de revólveres, dizia o seguinte: "Olha o que te aguarda, Benilson", se referindo à vereadora, que é trans, por um nome masculino.


Referências nazistas


O nome utilizado pela conta que encaminhou a ameaça à vereadora faz alusão a um slogan nazista. O número 14 é utilizado para representar a frase "devemos assegurar a existência de nosso povo e um futuro para as crianças brancas", passagem de 14 palavras retirada do livro “Minha Luta”, de Adolph Hitler, líder do Partido Nazista Alemão e Führer da Alemanha Nazista entre 1934 até 1945. Já o 88 faz referência à sigla “HH”, ou Heil Hitler, composta por duas letras “H”, oitava do alfabeto, seguidas.


“Estou acumulando ameaças de morte junto com a omissão do Estado. Eles querem me calar, mas Não serei interrompida!", protestou a parlamentar eleita com mais votos no município de Niterói em suas redes sociais.


Em maio de 2021, Benny recebeu a primeira ameaça de morte e precisou deixar o país por orientação do seu partido. Pouco mais de uma semana depois de sua mudança, o Ministério Público Eleitoral (MPE) requereu que a Polícia Civil e o Ministério Público do Rio de Janeiro (MP-RJ) adotassem medidas urgentes para a proteção da parlamentar.


Em dezembro, a parlamentar denunciou que recebeu uma nova ameaça de more. Benny chegou a registrar uma ocorrência na Delegacia de Crimes Raciais e Delitos de Intolerância (Decradi), no Centro do Rio, mas os responsáveis ainda não foram localizados e presos.

Toda Palavra_Banner_300x250_Celular.gif
1/3
NIT_728x90-03.gif
NIT_300x250-01.jpg