Ciro sobre Bolsonaro: "Que nojo!"


(Marcelo Camargo/Agência Brasil)

O ex-ministro e líder do PDT, Ciro Gomes, comentou nesta quinta-feira em seu perfil oficial no Twitter a declaração do presidente da República, Jair Bolsonaro, de que não tem corrupção no seu governo. Como de hábito, Ciro foi direto ao assunto: "E os R$ 89 mil que o Queiroz depositou na conta da primeira-dama? Cadê os R$ 7,5 milhões doados para os testes de Covid-19? E o desmonte da Petrobras? Pense num picareta profissional! Que nojo!", escreveu.

Algumas horas antes, Ciro Gomes havia se referido ao governo, criticando os ministros da Saúde, Eduardo Pazuello, e da Economia, Paulo Guedes, segundo ele, por não entenderem de suas Pastas, e o presidente, por ligação com milícias, aparelhamento da Polícia Federal e corrupção.

"Nem sabia o que era SUS", disse o ministro da Saúde escolhido por Bolsonaro no auge da pior crise de saúde pública da história! Mais de 147 mil brasileiros morreram por causa da forma irresponsável e genocida que estes desastrados enfrentam a pandemia!", escreveu.

Na hora seguinte, Ciro voltou a criticar:

"O ministro da Saúde não sabe o que é o SUS, o ministro da Economia não entende da economia do Brasil e o presidente acha que peculato, ligação com milícias, aparelhamento da PF e lavagem de dinheiro não é corrupção. Essa é a tragédia do nosso país!", finalizou.

A seguir, os tuítes do ex-ministro.


300X350px_Negra.gif
1/3
NIT_728x90-03.gif
NIT_300x250-01.jpg
728X90px (2).gif