MP-RJ denuncia feminicida de Niterói à justiça


Foto: Reprodução/Redes Sociais

Acusado de assassinar a facadas a estudante Vitórya Melissa, de 22 anos, no dia 2 de junho, no Plaza Shopping, em Niterói, Matheus dos Santos da Silva foi denunciado à Justiça pelo crime de feminicídio triplamente qualificado. A denúncia foi oferecida pelo Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ), por meio Promotoria de Justiça, junto à 3ª Vara Criminal de Niterói (Tribunal do Júri), na terça-feira (15/6).


O promotor de justiça ressaltou na denúncia que o crime praticado teve motivação torpe, emprego de meio cruel e mediante recurso que dificultou a defesa da vítima. De acordo com a o texto, o homicídio foi “cometido contra a mulher por razões da condição de sexo feminino, por envolver violência doméstica contra a mulher e menosprezo à condição de mulher”.


A denúncia também narrou as situações anteriores que levaram à prática do crime. O acusado e a vítima eram colegas em um curso técnico de enfermagem em Niterói e, segundo a Polícia Civil, Matheus nutria sentimentos afetivos não eram correspondidos por Vitórya.


O promotor narra que no dia do crime a vítima estava na praça de alimentação do Plaza Shopping, quando foi surpreendida por Matheus, que iniciou uma discussão no local. Quando ela tentou se levantar da cadeira, ele a impediu, sacou uma faca de sua mochila, que havia comprado minutos antes dentro do Shopping, e esfaqueou a jovem por diversas vezes nas costas, mãos e tórax.


Após cometer o crime, Matheus tentou fugir, mas foi detido por populares e contido por seguranças. Em seguida, o assassino foi entregue à Polícia Militar, que o conduziu à 76ª DP (Niterói), onde o caso foi registrado. Ele foi autuado em flagrante diante do relato das diversas testemunhas que presenciaram o crime, e da filmagem das câmeras de segurança do shopping que comprovaram a autoria.

Toda Palavra_Banner_300x250_Celular.gif
1/3
NIT_728x90-03.gif
NIT_300x250-01.jpg